sábado, 5 de julho de 2014

Aurora


"Dores são chatas, as vezes forte, as vezes fracas mas independente do seu nível elas sempre incomodam. Mas dores físicas não se comparam as dores do coração. Elas nos esmagam, nos destroem completamente, nos deixam sem saber o que fazer. Quando uma pessoa que amamos nos machuca, principalmente com palavras, essas dores são tao insuportáveis que não achamos remédios para curá-las. As vezes tais palavras podem ser a gota d'água, ai tudo desmorona e tudo que fizemos, tudo que fomos, tudo que vivemos não é bom o suficiente para esquecer essa dor, ai, a solução mais prática é cortar o mau, inibir por completo a dor, é desistir da vida e aceitar sem problemas, a dor da morte.
Mas as vezes a morte é a causa da dor e nesse caso é tudo muito desesperador, por que tudo que você faz irá lhe levar a voltar aquela pessoa, a vê-la de novo e isso é muito ruim. As magoas não ficam no caixão, as lembranças não vão junto do corpo sem vida. Elas nos acompanham, elas nos apavoram, elas torturam, principalmente quando lembramos que aquela pessoa não vai voltar mais. Que a vida não tem um botão de reiniciar, que não podemos voltar ao começo."

Aurora - WM