sábado, 5 de julho de 2014

Controvérsias

Poema

Saudade Profunda


Choro desesperado
Precisando de abraço
Você não está lá
Sem querer adormeço
Como criança no berço
Esperando você voltar.
Quando estou aliviado
Me vejo ali abandonado
Sozinho no mundo
Vou até onde ias fundo
E não há mais nada lá, só um vazio no lugar
Percebo que perdi meu tudo
E novamente volto a chorar

Controvérsias - WM